Medicina personalizada: como esse conceito tem revolucionado a saúde

30/07/2019
Analise de Dna
Conteúdo validado por Luciana Soldá, Head da Proxismed

A possibilidade de antecipar o surgimento de doenças e escolher os tratamentos mais precisos já é uma realidade. A medicina personalizada é um modelo médico que propõe a adaptação do tratamento de saúde às características individuais de cada paciente.

Ainda pouco difundido no Brasil, mas bastante comum nos Estados Unidos e Europa, o conceito se apoia, principalmente, na avaliação de informações genéticas que permitem identificar a predisposição à doenças e avaliar a metabolização de medicamentos no organismo. Assim, é possível determinar qual tratamento pode ser mais eficaz e seguro para o perfil molecular de cada paciente.

Além disso, amparada por ferramentas e recursos tecnológicos avançados, a medicina personalizada viabiliza diagnósticos cada vez mais precoces e mapeamentos de fatores de riscos, contribuindo para melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas e, ao mesmo tempo, reduzir custos.

Confira a seguir como a medicina personalizada atua:

● Avaliação de Risco – testes genéticos que revelam predisposição a desenvolver doenças

● Prevenção – avaliação de comportamentos e estilo de vida para promover intervenções preventivas

● Detecção – detecção precoce da doença em nível molecular

● Diagnóstico – avaliação precoce e precisa da doença, permitindo a adoção de estratégias individualizadas

● Tratamento: por serem tratamentos individualizados, os resultados tendem a ser mais efetivos e com menos efeitos colaterais

● Gestão: monitoramento ativo de resposta ao tratamento e progressão da doença

As inovações nas terapias contra o câncer de mama HER2 – um tipo de tumor agressivo e raro – são exemplos emblemáticos da incorporação da informação genética no diagnóstico e tratamento da doença.

Cerca de 30% de mulheres com câncer de mama apresentam níveis elevados da proteína HER2 e, por isso, não respondem ao tratamento convencional. Com o desenvolvimento dos testes genéticos, foi possível criar um tratamento específico para essas pacientes e possibilitar resultados mais efetivos no combate à doença.

É importante ressaltar que, apesar dos testes genéticos serem importantes ferramentas para o diagnóstico e o tratamento de patologias raras – já que 80% delas são de origem genética -, o acesso a essas avaliações ainda é precário para boa parte da população brasileira, principalmente as mais carentes.

Soluções inovadoras

Sempre lado a lado às tendências tecnológicas e aos avanços da medicina personalizada, a Proxis desenvolve soluções inovadoras que visam a promoção do diagnóstico precoce de doenças, principalmente de patologias raras.

Uma das ferramentas desenvolvidas é a Prediction, que realiza triagens, mapeamentos de fatores e análises genéticas do paciente. O sistema cruza os dados com base em estudos científicos e gera estatísticas de possíveis problemas de saúde em determinada população, além de indicar os cuidados e tratamentos mais adequados.

Com essa tecnologia, é possível antecipar diagnósticos, melhorar a qualidade e expectativa de vida das pessoas, além de atuar de forma preventiva na redução de possíveis custos financeiros em todos os pontos da cadeia.

Além disso, a Proxis também auxilia na criação de jornadas de relacionamento em saúde, intercalando soluções digitais e presenciais de forma que o disparo de conteúdo e os atendimentos sejam personalizados de acordo com cada perfil de paciente.

Saiba mais sobre nossas soluções aqui.

Posts Relacionados

Teleconsulta, o que é e como funciona?
Teleconsulta, o que é e como funciona?

A tecnologia já atingiu diversas áreas, e com a saúde não foi diferente. Na saúde, os avanços tecnológicos promovem melhorias para profissionais e pacientes. Da necessidade de expandir as formas de atendimento ao paciente, surgiu a telemedicina. A telemedicina é uma...

ler mais
Terceirização de Telemarketing
Terceirização de Telemarketing

Manter o bom relacionamento com o cliente é fundamental para o sucesso de qualquer organização. Para isso, as empresas devem estar preparadas para oferecer um atendimento personalizado, que envolve a resolução de problemas, esclarecimento de dúvidas e que atenda no...

ler mais
Programa de Suporte ao Paciente: como funciona?
Programa de Suporte ao Paciente: como funciona?

O PSP é aplicável para pacientes com doenças genéticas e doenças não transmissíveis, ou seja, as doenças que foram adquiridas. Doenças raras, câncer e doenças imunológicas são doenças genéticas, todas são de diagnósticos conclusivos difíceis e comorbidades...

ler mais
Falar com Vendas
Precisa de Ajuda?
👋 Quer otimizar custos com Call Center, Telemarketing, Jornada do Paciente e Telemedicina? Fale com Vendas Agora 😉

Fazer Ligação
Enviar Currículo